knight Center MOOC

11 dezembro, 2012

Centro Knight conclui seu primeiro curso online massivo com excelente avaliação dos alunos

Knight Center
Knight Center
Sign Up Now Knight Center
Sign Up Now Knight Center

O ambicioso curso online massivo (MOOC em ingles) do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, que atraiu mais de 2.000 estudantes de 109 países, concluiu sua primeira edição com grande sucesso, no sábado, 8 de dezembro. O curso pioneiro – o primeiro de seu tipo na formação de jornalismo – tem sido muito popular e recebido excelentes avaliações dos alunos.

A resposta para o curso “Introdução à Infografia e Visualização de Dados”, com instrutor Alberto Cairo, foi tão positiva que uma interação idêntica será oferecida no próximo mês. Clique aqui e register-se agora para a segunda edição desse MOOC de seis semanas, ministrado em Inglês, que iniciará em 12 de janeiro de 2013 e terminará em 23 de fevereiro. Mais informações sobre o curso e como se inscrever podem ser encontradas aqui. Cerca de 4.000 estudantes já se inscreveram para o curso, que foi anunciado há menos de uma semana atrás.

O MOOC será ministrado novamente por Cairo, um especialista de renome internacional no campo, que leciona na Universidade de Miami. Cairo desenvolveu um conteúdo programático especialmente ajustado para atender um público massivo.

“Somos gratos a Alberto Cairo, que tem sido uma instrutor incansável e excepcional do primeiro MOOC em jornalismo”, disse o professor Rosental Alves, fundador e diretor do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas. “E também estamos gratos às 2.000 pessoas que se inscreveram para este curso, especialmente aquelas que completaram todos os testes, projetos e outras atividades. Esta experiência do Centro Knight foi um sucesso graças a todos os participantes e a nossa equipe, que trabalhou muito duro para isto”.

A primeira edição do curso começou em 28 de outubro e foi concluído na semana passada. O curso teve mais de 2.000 estudantes de países como os EUA, Espanha, Brasil, Reino Unido, México, Austrália, Índia, Holanda, Ucrânia, Egito, Rússia e África do Sul.

Durante o curso, Cairo se envolveu em várias discussões com centenas de estudantes de todo o mundo. O curso contou com aulas em vídeo, tutoriais, materiais de leitura, exercícios e questionários. Fóruns estavam disponíveis para discussão de tópicos relacionados a cada módulo semanal do curso, e os alunos foram convidados a enviar seus trabalhos, que receberam feedback do instrutor e de seus colegas do curso.

Vários estudantes criaram blogs para documentar as suas experiências durante o curso. Alguns deles incluem participantes, como Laura GentryAdele GilpinBen Jones e Irmã Edith.

“Quando eu ouvi pela primeira vez o curso online massivo aberto de Visualização de Dados, do Centro Knight, da Universidade do Texas, parecia que o termo tinha sido inventado para esta aula”, disse o participante Francis Gagnon em seu blog. “Alberto Cairo traz uma perspectiva que eu não tinha visto em outro lugar: a importância da narrativa.”

“Eu estou achando difícil ficar longe do hábito de “embelezar” gráficos para o bem da sua forma”, disse o estudante Saakshita Prabhakar. “Esta chance de aprender o básico, que eu nunca soube, é um privilégio”.

“Agora, a questão de um milhão de dólares é sendo este MOOC muito melhor que a média, e eu estou complementamente impressionado, os outros MOOCs parecerão pequenos e midíocres quando eu fizer comparações”, disse o participante SocProf em sua revisão do curso.

Os participantes foram encorajados a esboçar ideias sobre o conteúdo do curso através de diferentes meios e fazer o upload desses matériais nos fóruns de discussão. Abaixo está um dos sketchnotes feitos pelo participante Javier Sandoval na segunda palestra de Cairo.

 

“Introdução à Infografia e Visualização de Dados” é o primeiro curso que o Centro Knight oferece por meio da sua nova plataforma MOOC. Ao contrário da maioria dos MOOCs, que normalmente só oferecem vídeos de aulas da faculdade e materiais de leitura, o pioneiro MOOC do Centro Knight foi concebido especialmente para o formato massivo com interação aluno-aluno e aluno-instrutor.

O MOOC é aberto para participação de qualquer pessoa de qualquer lugar do mundo, com conexão à Internet. É também aberto a jornalistas e não-jornalistas.

“O jornalismo não é mais um monopólio dos jornalistas, como todos nós sabemos”, disse Alves. “Todos podemos realizar atos de jornalismo, e há um monte de coisas lá fora que se parece com o jornalismo, mas não é jornalismo, por isso é importante não só doutrinar sobre a “alfabetização para a mídia” – ou, como prefiro dizer, a “alfabetização para a notícia” –, mas também difundir o treinamento em jornalismo para todos que querem aprender. É hora de democratizar técnicas de jornalismo, dizer às pessoas como nós jornalistas trabalhamos, porque contamos histórias de modos particulares e que princípios éticos seguimos. Então, por que não usar o MOOC para ensinar jornalismo para tantas pessoas quanto possível?”

Assim como a primeira edição do curso, a segunda classe de Cairo irá se concentrar em como trabalhar com gráficos para comunicar e analisar dados. Experiência anterior em gráficos de visualização de informação não é necessária para fazer este curso. Com as leituras de palestras, vídeos e tutoriais disponíveis, os participantes irão adquirir habilidades suficientes para começar a produzir infográficos simples e convincentes, quase que imediatamente. Os participantes devem se dedicar de 4 a 6 horas por semana nesse curso.

Embora o curso seja gratuito, os participantes que desejarem receber um certificado terão de pagar uma taxa administrativa de 30 dólares através de cartão de crédito. O certificado será emitido apenas para os alunos que participaram ativamente e cumprirem com a maior parte dos requisitos do curso, tais como questionários e exercícios. Os certificados serão enviados por e-mail em um documento PDF. Nenhum crédito para cursos formais estão associados a esse certificado.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas foi criado pelo professor Rosental Alves na Escola de Jornalismo da Universidade do Texas em Austin em agosto de 2002, graças a generosas doações da Fundação John S. e James L. Knight. O Centro Knight também recebe contribuições de outros doadores, incluindo as Fundações Open Society e a Universidade do Texas em Austin. O principal objetivo do Centro Knight é ajudar jornalistas da América Latina e do Caribe a elevar a qualidade do jornalismo em seus países.