Course Details

Date

Language

Portuguese/Português

Alternatives

Modules

5

Introdução ao jornalismo de dados: Como entrevistar dados para reportagens investigativas

Esta página de recursos apresenta conteúdo do MOOC “Introdução ao jornalismo de dados: Como entrevistar dados para reportagens investigativas”, realizado pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas. Este curso massivo em português de cinco semanas aconteceu 5 de agosto – 8 de setembro de 2019. Agora, disponibilizamos o conteúdo gratuitamente para os alunos que fizeram o curso e para qualquer pessoa interessada em aprender sobre os conceitos básicos de Jornalismo de Dados.

Esta página de recursos apresenta conteúdo do MOOC “Introdução ao jornalismo de dados: Como entrevistar dados para reportagens investigativas”, realizado pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas. Este curso massivo em português de cinco semanas aconteceu 5 de agosto – 8 de setembro de 2019. Agora, disponibilizamos o conteúdo gratuitamente para os alunos que fizeram o curso e para qualquer pessoa interessada em aprender sobre os conceitos básicos de Jornalismo de Dados.

O curso foi ministrado por quatro reconhecidos profissionais: Natália Mazotte, Adriano Belisário, Álvaro Justen e Rodrigo Menegat. O conteúdo do curso inclui aulas em vídeo e tutoriais, leituras, exercícios e muito mais.

Os materiais estão divididos em cinco módulos:

  • Módulo 1: O que é jornalismo de dados, o que impulsionou sua expansão, exemplos inspiradores e perguntas cruciais para um jornalista de dados fazer antes de chegar a conclusões para suas histórias.
  • Módulo 2: Os vídeos e textos obrigatórios realizam um percurso que vai desde conceitos básicos sobre ‘dados abertos’ e análise à utilização de editores de planilha para entrevistar seus dados e descobrir informações relevantes.
  • Módulo 3: vamos olhar para os problemas mais comuns que enfrentamos na rotina de trabalhar com dados.
  • Módulo 4: Vamos aprender a transformar todas as coisas que descobrimos sobre uma base dados em gráficos efetivos e atraentes.
  • Módulo 5: A aprender SQL, uma linguagem de comunicação com sistemas de bases de dados.

Esperamos que você aproveite os materiais e os compartilhe com outras pessoas interessadas em aprender a trabalhar com dados e pesquisas eleitorais. Se você tiver alguma dúvida, entre em contato conosco pelo e-mail JournalismCourses@austin.utexas.edu.

Natália MazotteNatália Mazotte é diretora-executiva da Open Knowledge Brasil, onde lidera projetos de inovação cívica e capacitação em uso de dados. Co-fundou a Gênero e Número, startup de jornalismo de dados com foco em gênero, e criou a primeira conferência brasileira de jornalismo de dados e métodos digitais (Coda.Br). Trabalhou com estratégia digital em organizações como Ibase, Globo e Ministério Público do Rio de Janeiro. É professora na pós-graduação em Jornalismo Digital da PUC-RS e no MBA Web Intelligence e Digital Ambience da COPPE/UFRJ e instrutora em cursos massivos do Centro Knight, da Universidade do Texas. Possui mestrado em Comunicação pela UFRJ e pós-graduação em Estratégia Digital pela Universidade Pompeu Fabra (Espanha) e recebeu em 2019 a bolsa JSK da Universidade de Stanford.

 

Adriano Belisário

Adriano Belisário é jornalista e atua com investigações baseadas em dados desde 2012. Atualmente, coordena a Escola de Dados e atua em projetos de produção de evidências com dados e fontes abertas. Há mais 10 anos colabora com redes e projetos de produção de mídia com softwares livres, implementando programas no âmbito do Ministério da Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura e da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde fez mestrado em Comunicação Social.

 

 

Álvaro JustenÁlvaro Justen é programador e professor. Ativista de software livre desde 2004 e programador Python desde 2005, atualmente trabalha capturando, convertendo, limpando e analisando dados em diversos projetos jornalísticos e de inovação cívica brasileiros; é fundador do portal de dados abertos acessíveis Brasil.IO e quando não está programando, dá aulas, viaja a congressos, prova e torra cafés especiais.

 

 

Rodrigo MenegatRodrigo Menegat trabalho como jornalista na editoria de infografia digital do Estadão, onde produz reportagens e visualizações feitas a partir da exploração de bases de dados. Antes disso, trabalhou como redator e repórter na Folha de S.Paulo e teve conteúdo publicado em veículos como The Intercept e Agência Pública. É formado em jornalismo pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, no Paraná, e fez uma especialização em jornalismo de dados na Universidade de Columbia, em Nova York.