Course Details

Date

On Demand

Language

Portuguese/Português

Alternative

Modules

5

On Demand

$0.00

Informação e Eleições na Era Digital

Este curso autodirigido apresenta o conteúdo do curso online aberto massivo (MOOC) do Centro Knight para Jornalismo nas Américas intitulado “Informação e Eleições na Era Digital”. O curso de cinco semanas ocorreu de 19 de setembro a 23 de outubro de 2022

Embora a era digital tenha apresentado oportunidades para aumentar a liberdade de expressão, as mídias sociais também apresentam novos desafios. A disseminação de desinformação e desinformação online, intimidação e assédio (principalmente contra mulheres), discurso de ódio e micro-direcionamento podem prejudicar os processos eleitorais e de governança. O MOOC explora primeiro as diversas más práticas, estratégias e técnicas que as partes interessadas eleitorais enfrentam online. O MOOC fornece, então, exemplos de respostas de várias partes interessadas por organizações da sociedade civil, jornalistas, órgãos de gestão eleitoral, autoridades reguladoras de mídia e partes interessadas eleitorais para contribuir para um ecossistema online transparente e inclusivo.

Assista ao vídeo abaixo e continue lendo para mais detalhes.

unescoandundp

Módulo 1 – O novo paradigma da informação e eleições 

As eleições constituem um momento crucial nas democracias e proporcionam aos cidadãos a oportunidade de escolher os seus representantes políticos que tomarão decisões críticas sobre o presente e o futuro de um determinado país. Enquanto a era digital trouxe inicialmente grandes oportunidades para eleitores e candidatos, as redes sociais apresentaram novos desafios para a liberdade de expressão, segurança dos cidadãos, candidatos e jornalistas, bem como para o acesso à informação. Este módulo fornecerá uma visão geral completa do Novo Paradigma da Informação e seu impacto nas eleições democráticas quando a partilha de informações ao longo do ciclo eleitoral for online.

Módulo 2 – Desinformação, informação errada, informação enganadora e discurso de ódio 

Neste módulo, você aprenderá as diferenças entre desinformação, informação errada, informação enganadora e razão pela qual não usamos mais o termo “fake news”. Também analisaremos os motivadores humanos por trás do conteúdo engador e como o discurso de ódio afeta os processos eleitorais. Discutiremos a violência relacionada com as eleições e a violência eleitoral baseada em género, bem como a violência contra jornalistas.

Módulo 3 – O impacto das campanhas de desinformação no ciclo eleitoral e os mecanismos para as enfrentar 

Neste Módulo, revisaremos as diversas estratégias e técnicas usadas para disseminar desinformação, informação errada, informação enganadora. Falaremos sobre os principais alvos de desinformação dentro do ciclo eleitoral, e sobre as diferentes respostas para combater a desinformação – com base em boas práticas e lições aprendidas em vários continentes, e no uso de ferramentas como a inteligência artificial.

Módulo 4 – Foco em medidas preventivas para combater práticas nocivas 

Neste módulo começaremos a analisar em detalhe algumas das medidas preventivas disponíveis para combater a desinformação, informação errada e informação enganadora durante os processos eleitorais em relação ao ciclo eleitoral:  capacitação; promoção do diálogo e da coesão social; campanhas de informação pública; e alfabetização mediática. Também abrangerá tentativas regulatórias emergentes para impedir que conteúdos nocivos se espalhem online durante as eleições.

Módulo 5 – Envolvimento de várias partes interessadas e medidas corretivas para contribuir para um ecossistema online transparente e inclusivo 

Neste módulo, continuaremos abordando as diferentes maneiras de combater práticas prejudiciais durante as eleições por meio de um envolvimento de várias partes interessadas para a identificação, verificação de fatos e medidas de monitoramento; medidas corretivas; ou contendo medidas corretivas e medidas regulatórias e não regulatórias. Estas medidas visam contribuir para um ecossistema online transparente e inclusivo.

APiterbargAlbertina Piterbarg é especialista eleitoral e jornalista que trabalha na área de Liberdade de Expressão e Segurança de Jornalistas na UNESCO. Ela tem mais de 20 anos de experiência trabalhando nas áreas de comunicação, eleições e participação política das mulheres na Organização dos Estados Americanos (OEA), Operações de Paz da ONU, PNUD, ONU Mulheres e, mais recentemente, na UNESCO, desde chefe de gabinete, líder de equipe, oficial de campo, consultor governamental, consultor independente e instrutora com certificado BRIDGE. Participou de várias missões no Níger, Costa do Marfim, Tunísia, Líbia, Timor-Leste, Nova Caledônia, México, Bolívia, Colômbia, Equador, República Dominicana e Venezuela, entre outros. Ela estudou Filosofia e Literatura na Universidade de Buenos Aires na Argentina e fez mestrado em Jornalismo na Universidade Saint Andrews da Argentina, onde recebeu o prêmio Outstanding University Graduate Award em 2018.