Course Details

Date

On Demand

Language

Portuguese/Português

Alternative

Modules

4

On Demand

$0.00

Como cobrir a crise climática – e combater a desinformação

Este curso autodirigido apresenta o conteúdo do curso online aberto massivo (MOOC) do Centro Knight para Jornalismo nas Américas intitulado “Como cobrir a crise climática – e combater a desinformação”. O curso de quatro semanas ocorreu de 8 de agosto a 4 de setembro de 2022.

Este curso irá ajudá-lo/a a cobrir as mudanças climáticas – uma crise global e um jogo político. Discutiremos o que sabemos sobre a ciência que mostra que o aquecimento global é real e uma ameaça, e como identificar e lidar com a desinformação climática. Mais importante, falaremos sobre como escrever sobre um planeta se esquentando de maneira a alcançar seu público e (talvez) até persuadi-lo.

 

 

 Os materiais do curso são divididos em quatro módulos:

  • Módulo introdutório: Descrição do curso
  • Módulo 1: O que sabemos sobre mudanças climáticas e por que o sabemos
  • Módulo 2: O que é uma pauta de clima?
  • Módulo 3: Encontrando e combatendo desinformação
  • Módulo 4: Encontrando e escrevendo matérias de clima

Em caso de dúvidas pode entrar em contato pelo e-mail: journalismcourses@austin.utexas.edu.

JRS

John Schwartz é professor de jornalismo na Escola de Jornalismo e Mídia na Universidade do Texas em Austin e diretor associado do novo Instituto de Liderança em Sustentabilidade Global na UT. “Professor de prática” no departamento de jornalismo que passou a maior parte de sua carreira na área jornalística, Schwartz trabalhou no The New York Times, no Washington Post e na Newsweek. Em 21 anos no NYT, suas coberturas incluíram o programa espacial dos EUA, incluindo a perda do ônibus espacial Columbia e sua tripulação, o furacão Katrina e os esforços para reconstruir a proteção contra furacões ao redor da cidade, assuntos legais e, mais recentemente, mudanças climáticas. No The New York Times e no Washington Post, ele escreveu para quase todas as seções do jornal. Ele se aposentou do The Times em 31 de julho de 2021 e ingressou no corpo docente da UT no mês seguinte.

Ele escreveu vários livros, incluindo Oddly Normal: One Family’s Struggle to Help Their Teenage Son Come to Terms with His Sexuality (“Estranhamente normal: a luta de uma família para ajudar seu filho adolescente a aceitar sua sexualidade”), e This Is the Year I Put My Financial Life in Order (“Este é o ano em que coloquei minha vida financeira em ordem”).

Ele se formou na Universidade do Texas em Austin e na Escola de Direito da UT. Ele se casou com sua namorada da faculdade, Jeanne Mixon. Eles se conheceram uma semana antes do início das aulas na UT em 1975. Eles têm três filhos, que moram no Texas, Nova Jersey e Austrália, e dois netos.

 Meghie Rodrigues

Meghie Rodrigues é jornalista especializada na cobertura de ciência e meio ambiente. Entre 2015 e 2019, trabalhou como pesquisadora de conteúdo no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro. Lá, colaborou na pesquisa e criação de exposições, coordenou o programa de Mulheres na Ciência e criou o programa Amanhã em Pesquisa, voltado ao fomento de pesquisa acadêmica no museu – além de colaborar como jornalista freelancer para publicações de jornalismo científico.

De 2020 para cá, vem se dedicando ao jornalismo freelance, cobrindo mudanças climáticas e outros temas científicos principalmente para veículos internacionais. Seu trabalho é publicado por revistas como Nature, Eos, Pesquisa Fapesp, e sites como SciDev.Net, Thomson Reuters Foundation, Mongabay, entre outros.

Também em 2020, esteve entre os 12 fellows selecionados pelo canal Climate Tracker para o programa Climate Journalism Mentorship for Young Media Professionals. Desde 2021, é vice-presidente da Rede Brasileira de Jornalistas e Comunicadores de Ciência.

Meghie é mestre em divulgação científica e cultural pela Universidade Estadual de Campinas, onde também desenvolve sua pesquisa de doutorado focada em desinformação sobre mudanças climáticas.

Também ama astronomia e colabora com o Astronomy and Society Group da Universidade de Leiden, na Holanda, como lead science writer para o projeto Space Scoop, focado em notícias de astronomia para o público infantil e infanto-juvenil.