texas-moody
Blog

Programa de Ensino à Distância do Centro Knight completa dez anos com 120 cursos

Dois programas de capacitação online para jornalistas oferecidos pelo Centro Knight para o jornalismo nas Américas  terminaram com éxito na semana passada. Jornalistas de 18 países na América Latina aprenderam como usar ferramentas digitais para melhorar seu trabalho em um curso em espanhol, enquanto 44 repórteres e editores do Brasil participaram de um curso em portugués sobre jornalismo de dados.

Os dois cursos são parte do programa pioneiro de Aprendizagem à Distância lançado pelo Centro Knight em 2003 e que continua ativo, oferecendo capacitação a grupos reduzidos de jornalistas em paralelo aos Cursos Massivos Online e Abertos (os MOOCs) que o Centro Knight começou a oferecer há um ano.

Nestes dez primeiros anos do programa de Aprendizagem à Distancia, o Centro Knight ofereceu 120 cursos online, capacitando 7.327 jornalistas na América Latina e no Caribe.

Um estudo encomendado pela Fundação Knight em 2012 entrevistou vários estudantes dos cursos do Centro Knight e confirmou sua efetividade. Segundo o relatório, 97% dos jornalistas entrevistados disseram que utilizaram em sua professão as habilidades que aprenderam nos cursos. 90% dos ex-estudantes disseram que a capacitação online do Centro Knight era tão boa ou melhor que a presencial tradicional.

Em 24 de novembro terminou o curso de cinco semanas em espanhol “Ferramentas Digitais para Jornalistas: da web aos meios móveis”, ministrado pela instrutora Sandra Crucianelli. A classe atraiu 98 estudantes de 18 países.

E no dia 2 de dezembro terminou o curso de quatro semanas “Introdução ao Jornalismo de Dados”, que foi ministrado pelo jornalista brasileiro José Roberto de Toledo e desensvolvido pela Asociaciação Nacional de Jornais do Brasil (ANJ) como parte de sua primeira colaboração de treinamento com o Centro Knight.

Sandra Crucianelli

"Ferramentas" se concentrou em ensinar aos estudantes sobre os novos recursos que emergiram nos últimos dois anos para ajudar os jornalistas a fazerem seu trabalho e se manterem seguros online.

Sandra Crucianelli é uma reconhecida jornalista investigativa e popular instrutora que desde 2004 foi responsável por vários cursos como docente do programa de Ensino à Distância do Centro Knight. Seu último curso com o Centro Knight foi o exitoso MOOC em espanhol “Introdução ao Jornalismo de Dados”, que terminou em junho de 2013 e atraiu quase 4 mil estudantes de 60 países.

O curso “Introdução ao Jornalismo de Dados” do Toledo apresentou as noções básicas do Jornalismo Assistido por Computador (PAC), as diferenças entre o RAC e o jornalismo de dados, noções básicas da infografía, data scraping, ferramentas práticas de jornalismo de dados e a criação de mapas interativos.

José Roberto de Toledo

O instrutor José Roberto de Toledo é um dos pioneiros do RAC no Brasil e treinou milhares de jornalistas em cursos e programas organizados pelo Centro Knight, a Fundação Getúlio Vargas e Abraji. Toledo ministrou o curso com assistência da equipe de jornalismo de dados do jornal O Estado de S. Paulo, Estadão Dados, que atualmente coordena.

Ambos cursos receberam excelentes avaliações dos estudantes.

"Em particular, eu venho usando muitas das ferramentas", disse o jornalista e produtor de rádio equatoriano Carlos E. Flores, que fez o curso de Crucianelli. "(a classe) me serviu para ter clareza de outras (ferramentas) que ainda não havia explorado. Gosto muito do nível de exigência e seguimento desta modalidade online. Não se estabelece um critério distante e automatizado. Conheci a Sandra em um encontro e creio que é uma profissional de altíssimo valor que, junto ao Centro Knight, nos permitem continuar nos aperfeiçoando".

Gabriela da Silva, repórter do jornal brasileiro ABC Domingo que participou do curso de jornalismo de dados de Toledo, disse que já está colocando em prática em seu trabalho o que aprendeu.

"Já tenho pautas baseadas em dados que extraímos de tabelas e também já usei a produção de mapas para ilustrar uma matéria. Além disso, fui escolhida pelo jornal para fazer o curso para que possamos iniciar também aqui no Jornal NH o setor de Jornalismo de Dados. É o primeiro passo de uma grande mudança que teremos aqui", disse.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas foi criado em 2002 pelo professor Rosental Alves, titular da Cátedra Knight de Jornalismo e da Cátedra UNESCO de Comunicação na Escola de Jornalismo da Universidade do Texas en Austin. Criado com importantes doações de vários anos da Fundação John S. y James L. Knight, o Centro também recebeu contribuições das Fundações Open Society e outros doadores. O Centro Knight também financiou suas operações com o apoio da Escola de Comunicação da Universidade do Texas em Austin, doações modestas de outras fundações e do público em geral.