texas-moody
Notícia

Novo MOOC do Centro Knight sobre jornalismo de dados é focado em obter os dados corretamente, com equidade e ética. Se inscreva

Incorporar dados aos projetos jornalísticos é uma maneira popular e eficaz de envolver o público e transmitir grandes conjuntos de informações. No entanto, se os jornalistas não tiverem cuidado, isso também pode significar incluir a desigualdade e um viés oculto em suas narrativas.

É por isso que o Centro Knight, com o apoio da Knight Foundation, está oferecendo o MOOC (Massive Open Online Course), “Equidade e Ética no jornalismo de dados: abordagens práticas para ter seus dados certos“, ministrado pela especialista em dados Heather Krause. O curso de quatro semanas vai de 22 de junho a 19 de julho de 2020, então se inscreva hoje!

“A equidade e a ética no jornalismo de dados estão relacionadas a estar consciente e ser transparente sobre as fontes incorporadas de preconceito, poder e valores nos dados e na história que os dados estão contando”, explicou Krause.

new

O curso é dividido entre quatro módulos semanais:

  • Módulo 1 explora os principais conceitos de equidade e ética para jornalismo de dados, incluindo as sete etapas do Ciclo de Vida da Equidade de Dados
  • Módulo 2 mostra aos alunos como reunir e coletar dados para histórias, incluindo como verificar dados obtidos de outras fontes
  • Módulo 3 fala sobre a análise de dados para histórias, como evitar erros comuns e como questionar os dados
  • Módulo 4 se concentra na visualização e comunicação de dados para sua história, incluindo listas de verificação e ferramentas que ajudarão os jornalistas a incorporar um senso de equidade em seu trabalho

“Embora o jornalismo de dados seja frequentemente visto como uma maneira de usar algo bastante objetivo, como dados quantitativos, como fonte primária de uma história – é muito, muito fácil usar acidentalmente dados de maneiras muito tendenciosas, injustas ou incorretas” Krause disse. “Muitos desses erros acidentais vêm da crença de que ‘dados são objetivos’, que ‘a matemática não mente’ e que o uso de dados como fonte é menos tendencioso do que o uso de fontes mais tradicionais no jornalismo. Existem muito poucas ferramentas que podem ser praticamente aplicadas para ajudar jornalistas a verificar seu trabalho em busca de fontes ocultas de preconceito, racismo, sexismo etc. Sem elas, o jornalismo de dados tende a ter problemas ocultos de equidade e ética.”

“O programa de ensino a distância do Centro Knight, criado em 2003, foi pioneiro em cursos online sobre jornalismo de dados. Nosso primeiro MOOC em 2012 foi ‘Introdução à visualização de dados’, com Alberto Cairo e tivemos muitos MOOCs sobre o mesmo tópico. Agora, estamos muito satisfeitos por ter este novo curso focado em equidade e ética no jornalismo de dados”, disse o professor Rosental Alves, fundador e diretor do Centro Knight. “É um privilégio contar com Heather Krause para ministrar este curso online gratuito sobre o tema que se tornou sua paixão.”

O curso é aberto a qualquer pessoa interessada em dados e eqüidade e não requer habilidades ou ferramentas avançadas.

O curso é aberto a qualquer pessoa interessada em dados e equidade e não requer nenhuma habilidade ou ferramenta avançada.

Heather Krause é uma cientista de dados e contadora de histórias que se concentra na implementação de ferramentas de equidade e ética nos dados. Ela é a fundadora do Datassist e do We All Count, um projeto para a equidade nos dados, trabalhando com equipes em todo o mundo para incorporar uma lente de ética em seus produtos de dados, desde o financiamento até a coleta de dados, a análise estatística e a prestação de contas algorítmica. Ela também é cientista chefe de dados da Orb Media e faz parte do Conselho Consultivo de Dados do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).

Este é o terceiro curso que Krause dá pelo programa de ensino a distância do Centro Knight. O primeiro foi em 2017, “Aprenda a achar histórias nos dados: faça o curso online gratuito em inglês “Exploração de dados e narrativas”, com Alberto Cairo, que teve quase 7.000 alunos. O segundo foi um Big Online Course (BOC), também em 2017, “Criando histórias com dados: uma oficina prática e um passo a passo para construir narrativas de dados reais”.

O curso atual consiste em vídeo-aulas, leituras e folhetos ou exercícios, questionários e participação em fóruns de discussão.

Os alunos que concluírem com êxito os requisitos do curso têm a opção de pagar uma taxa administrativa de US$ 30 para receber um certificado de conclusão em formato PDF. O Centro Knight avaliará os casos de estudantes que precisam de isenção dessa taxa. Nenhum crédito formal da faculdade está associado ao certificado.

Como todos os MOOCs do Knight Center, o curso é assíncrono, o que significa que os participantes podem fazer o curso nos dias e horários que preferirem. No entanto, existem prazos semanais recomendados para concluir as atividades, para não ficar para trás.

Se inscreva para este curso gratuito hoje para evitar a armadilha de incluir viés e desigualdade no seu jornalismo de dados.

Sobre a John S. and James L. Knight Foundation

A Knight Foundation é uma fundação nacional com fortes raízes locais que investe no jornalismo, nas artes e no sucesso das cidades onde os irmãos John S. e James L. Knight já publicaram jornais. Seu objetivo é promover comunidades informadas e engajadas, que acredita serem essenciais para uma democracia saudável. Para mais, visite kf.org.

Sobre o Centro Knight

O Centro Knight de Jornalismo nas Américas foi criado em 2002 pelo professor Rosental Alves, titular da Cátedra Knight em Jornalismo da Moody College of Communication da Universidade do Texas, graças às doações generosas da Fundação John S. e James L. Knight. O programa de ensino a distância do Centro Knight começou em 2003 e é financiado em parte pela Fundação Knight. Nos últimos seis anos, os MOOCs do Centro Knight atingiram mais de 210.000 pessoas em 200 países e territórios.