texas-moody
Blog

Inscreva-se já para o curso sobre produção de rádio em inglês

O rádio continua a ser uma ferramenta fundamental para alcançar e informar comunidades pela América Latina e pelo Caribe e, para ser bem-sucedido em um cenário tão competitivo, o produtor de rádio precisa aprender a ser sempre inovador e relevante. A Associação dos Trabalhadores de Mídia do Caribe (ACM), em colaboração com o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, está oferecendo um curso de quatro semanas de duração, em inglês, sobre "Como ser um ótimo produtor de rádio", ministrado por Liz Bennett Marsh. O curso será oferecido de 8 de abril até 5 de maio.

As inscrições já estão abertas e acabam em 27 de março às 17 horas (hora em Austin, Texas).

O curso faz parte da série de cursos realizados em colaboração com a Associação dos Trabalhadores de Mídia do Caribe. Mais detalhes sobre o curso podem ser encontrados aqui.

O curso é voltado para jornalistas que têm interesse em produção de rádio e em como melhorar suas habilidades na área. Os estudantes aprenderão os vários elementos da produção radialística, incluindo  como produzir um bom programa ao vivo e gravado, como usar técnicas para dar mais cor às matérias e o que se deve e não deve fazer na produção de rádio.

 Liz Bennett Marsh

Bennett Marsh será a instrutora do curso. Marsh trabalha no campo da mídia há mais de 17 anos e já foi repórter antes de se tornar produtora. Ela já produziu um programa matinal e atualmente um programa de negócios chamado Edition na KLAS FM89, na Jamaica. Marsh também já trabalhou na agência de notícias do governo, o Serviço de Informação da Jamaica (JIS, na sigla em inglês) como apresentadora/repórter/produtora antes de aceitar a posição de chefe de produção no famoso programa de rádio Nationwide at Five, com Cliff Hughes, Fae Ellington, o falecido Hugh Crosskill e Erica Allen. O programa foi primeiramente veiculado pela emissora Hot 102 FM, antes de passar para as mãos da Power 106FM. Ela já trabalhou 13 anos na organização que mais tarde tornou-se a Nationwide News Network (NNN), onde já ocupou diversas posições, como produtora executiva e gerente de programa. Atualmente é especialista em educação pública no Departamento de Regulação de Serviços Públicos na Jamaica. Tem graduação em Inglês e um diploma m mídia e comunicações da CARIMAC. Terminou recentemente seu MBA na Escola de Negócios Mona.

Segundo Marsh, a produção de rádio ainda é uma parte importante do cenário de mídia no Caribe e em outros mercados da América Latina.

“Em um mercado de rádio cada vez mais competitivo no Caribe, as emissoras têm que competir mais pela publicidade", disse Bennett Marsh. “O que fará a diferença para as emissoras de rádio é sua habilidade de pensar fora do senso-comum: ser intuitivo e relevante. O produtor experiente desempenha um papel-chave nisso tudo. Com a mudança no gosto dos consumidores, o produtor competente encontrará maneiras criativas de dar cores a uma chamada ou reportagem para prender a atenção dos ouvintes”.

Os estudantes que forem selecionados para participar do curso deverão pagar uma taxa de $100  dólares. Se o estudante for membro da ACM, deverá pagar $70 pelo curso.

Os interessados devem ter no mínimo um ano de experiência em produção de rádio. Os estudantes devem ser pensadores críticos, dispostos a pensar fora da caixa, mas devem ter inteligência suficiente para saber quando é necessário trabalhar nos limites organizacionais. Os interessados também devem saber editar com o programa Adobe Audition 3.0 e usar o Microsoft Word.

This online course is divided into weekly modules containing multimedia presentations and links to online resources. Most of the course activities can be followed in the days and times most appropriate for each student. Exercises, online discussions and additional assignments will also be part of the curriculum. Participants can expect to spend 6-10 hours per week on the course.

O curso será ministrado pela plataforma de ensino a distância do Centro Knight, que já beneficiou mais de 7.000 jornalistas da América Latina e do Caribe desde que foi criada, em 2003. Ao completarem o curso, os participantes receberão um certificado conjunto do Centro Knight e da ACM.

O Centro Knight para o Jornalismo nas Américas foi criado pelo professor Rosental Alves na Escola de Jornalismo da Universidade do Texas em Austin em agosto de 2002, graças a generosas doações daFundação John S. e James L. Knight. O Centro Knight também recebe contribuições de outros doadores, incluindo as Fundações Open Society e a Universidade do Texas em Austin. O principal objetivo do Centro Knight é ajudar jornalistas da América Latina e do Caribe a elevar a qualidade do jornalismo em seus países.