texas-moody
Blog

Desinformação e fact-checking em tempos de COVID-19: inscreva-se agora no novo curso online gratuito do Centro Knight

Conforme o mundo se aproxima de 100 milhões de casos de COVID-19 e ultrapassa 2 milhões de mortes por coronavírus em todo o mundo, o Centro Knight da Universidade do Texas em Austin e a UNESCO estão oferecendo uma iniciativa de treinamento online para combater a outra doença que está agravando ainda mais a pandemia: a “desinfodemia”.

O MOOC (curso massivo online aberto) “Desinformação e fact-checking em tempos de COVID-19 na América Latina e no Caribe” será ministrado em espanhol, português e guarani de 15 de fevereiro a 14 de março de 2021 na plataforma de aprendizagem online do Centro Knight. Clique aqui para mais informações sobre o curso, incluindo instruções detalhadas sobre como se inscrever.

Banner for COVID and fact-checking course

O curso foi preparado para jornalistas e comunicadores em geral do Hemisfério Ocidental, mas está aberto a todos os interessados ​​em combater a onda de desinformação que se espalhou durante a pandemia.

“2020 foi certamente o ano mais importante para a comunidade de checagem de fatos”, disse a jornalista Cristina Tardáguila, que será a instrutora do curso e tem se envolvido em iniciativas globais contra a desinformação, como diretora adjunta da International Fact-Checking Network (IFCN).

Este curso do Centro Knight é produzido no âmbito do projeto “#CoronavirusFacts, Addressing the 'Disinfodemic' on COVID-19”, que é implementado pela UNESCO e financiado pela União Europeia.

Esse programa faz parte de um esforço global de combate à desinformação, como a #CoronavirusFacts Alliance, liderada pelo IFCN no Instituto Poynter e coordenada por Tardáguila. A aliança reúne 99 organizações em 43 países que trabalham em 77 idiomas e 16 fusos horários diferentes para verificar informações sobre a pandemia.

“A UNESCO trabalha para abordar as causas e consequências da desinformação como parte de seu mandato de promover os direitos de acesso à informação e liberdade de expressão. E, portanto, não é apenas importante para nós oferecermos ferramentas e recursos que podem empoderar jornalistas, comunicadores, criadores de conteúdo e outros que estão na vanguarda do combate ao fenômeno da desinformação relacionado à pandemia, mas também, para fortalecer e destacar alguns dos excelentes trabalhos realizados por especialistas em checagem de fatos e organizações da região”, disse Sandra Sharman, Assessora de Projetos para a América Latina e o Caribe, '#CoronavirusFacts - Addressing' disinformation about COVID-19 '. Também estamos orgulhosos de ser os primeiros a oferecer um MOOC deste tipo em Guarani, uma das línguas indígenas mais faladas na região, promovendo a inclusão neste momento crítico."

É a primeira vez que o Centro Knight oferece um curso em guarani. O idioma é falado principalmente no Paraguai. De acordo com a ONU, Paraguai é o único país onde a grande maioria dos cidadãos se comunicam numa língua indíngenaem todos os níveis, porque, além de ser amplamente usada, a língua é oficial juntamente com o espanhol, e tem o mesmo tratamento e usos legais.” O guarani também está presente na Argentina, na Bolívia e no Brasil.

No curso de quatro semanas do Centro Knight, “Desinformação e Fact-checking em Tempos de COVID-19 na América Latina e Caribe”, os alunos irão:

  1. Olhar para a história da checagem de fatos e do IFCN e ser apresentados a exemplos organizações de checagem América Latina e no Caribe
  2. Aprenda como iniciar uma unidade de checagem de fatos, incluindo a criação de uma metodologia transparente.
  3. Conhecer as ferramentas básicas usadas por checadores, com uma visão específica dos contextos de pandemia e eleitorais.
  4. Obter uma visão geral de regulamentação em todo o mundo usada parar ou reduzir a disseminação de desinformação

“Este curso inovador proporcionará aos jornalistas habilidades e recursos oportunos, bem como uma comunidade integrada de aprendizagem entre pares, onde eles podem interagir com o instrutor do curso e outros estudantes”, disse Mallary Tenore, diretora associada do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas. “Estamos felizes em oferecer este curso em três idiomas, incluindo guarani, na esperança de torná-lo o mais acessível possível na América Latina, Caribe e além. Agradecemos o apoio da UNESCO e a chance de trabalhar com Cristina Tardáguila, uma das maiores especialistas na área”.

Além de ser diretora adjunta do IFCN, Tardáguila é a fundadora da iniciativa brasileira de checagem de fatos Agência Lupa. Trabalhou em veículos brasileiros como os jornais O Globo e Folha de S. Paulo, além da revista piauí. É autora de “A Arte do Descaso” (em 2016), sobre crimes artísticos - e “Você foi Enganado” (2018), sobre falsas declarações presidenciais. Vencedora do prémio elPeriodico 2018 de melhor jornalista do ano e nomeada para os prêmios Gabriel García Márquez e Comunique-se nas categorias de inovação.

Este curso é destinado a jornalistas, repórteres, editores, fotógrafos, designers, anunciantes, estudantes de comunicação e pesquisadores de mídia. Os alunos usarão documentos e planilhas do Google e podem precisar fazer login em plataformas de mídia social.

“Qualquer um pode se tornar um verificador de fatos. Essa é a ideia principal que precisamos divulgar”, disse Tardáguila.

Durante o curso, os alunos terão acesso a vídeo-aulas, leituras e apostilas. Eles também participarão de fóruns de discussão e farão questionários semanais.

Aqueles que concluírem com sucesso os questionários semanais e participarem dos fóruns de discussão estão qualificados para receber um certificado de participação no final do curso. A taxa administrativa do certificado é de $30 (trinta dólares americanos). O certificado é concedido pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas e atesta participação no curso. Nenhum crédito formal de curso de qualquer tipo está associado ao certificado.

Como todos os cursos do Centro Knight, este MOOC é assíncrono, o que significa que você pode concluir as atividades em seu próprio ritmo e nos horários que forem mais convenientes para você. Existem prazos recomendados, no entanto, para que você não fique para trás.

Junte-se à luta global contra a desinfodemia e inscreva-se neste curso hoje!