texas-moody
Blog

Cobertura sobre vacinas contra COVID-19: Inscreva-se agora para o novo curso online gratuito do Centro Knight em quatro idiomas

Com a chegada das vacinas contra COVID-19, jornalistas, comunicadores e a comunidade de de fact-checking em todo o mundo têm feito o possível para cobrir os esforços de vacinação e ajudar o público em geral a entender o estágio atual da pandemia global, que se instalou há um ano.

No entanto, assim como ocorreu com o coronavírus no ano passado, as vacinas trouxeram também seus próprios desafios para repórteres e editores que precisam explicar seu desenvolvimento, eficácia, efeitos colaterais, distribuição e muito mais para sociedades ávidas por informações confiáveis.

É por isso que o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas está oferecendo o novo curso, "Cobertura da vacina para COVID-19: O que os jornalistas precisam de saber”, que acontecerá de 29 de março a 25 de abril de 2021 e será oferecido em inglês, espanhol, português e francês.

As inscrições estão abertas, então se inscreva agora!

“Este MOOC multilíngue ajudará jornalistas de todo o mundo que estão tentando entender melhor a ciência por trás das vacinas, a implementação e distribuição de cada vacina, desinformação sobre as vacinas e muito mais”, disse Mallary Tenore, diretora associada do Centro Knight para o Jornalismo nas Américas. “Estamos gratos por estar trabalhando ao lado da UNESCO, do PNUD, da OMS e da UE neste importante curso, que contará com recursos oportunos e relevantes, opiniões de especialistas e uma comunidade robusta de aprendizagem entre pares.”

Portuguese Banner for COVID vaccines MOOC

Este curso do Centro Knight está sendo realizado em parceria com a UNESCO, o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e a Organização Mundial da Saúde (OMS), e é cofinanciado pela União Europeia.

“As atuais crises de saúde exigiram que os governos e outros atores desenvolvessem e implementassem o que podem ser algumas das políticas mais desafiadoras já elaboradas por nossas sociedades, incluindo as estratégias de imunização contra COVID-19. Como acontece com quaisquer outras políticas, embora em uma escala sem precedentes, sua eficiência e eficácia também estão relacionadas ao quanto essas políticas são concebidas e implementadas de forma transparente e responsiva. Aqui, o papel dos jornalistas como vigilantes dos tomadores de decisão e formuladores de políticas é central”, disse Guilherme Canela de Souza Godoi, chefe da Seção de Liberdade de Expressão e Segurança de Jornalistas da UNESCO.

“Ao mesmo tempo, também enfrentamos uma onda de desinformação sem precedentes ligada à COVID-19. Portanto, o jornalismo independente tem outro papel crucial: ser um fornecedor de informações precisas, verificadas e oportunas para a esfera pública. Trabalhando com nossos parceiros e com financiamento da União Europeia, a UNESCO tem o orgulho de co-organizar este curso para engajar jornalistas nesse diálogo que é fundamental para aumentar a capacidade da imprensa de lidar com este desafio”, disse Guilherme Canela de Souza Godoi.

“Os jornalistas são essenciais para manter os cidadãos informados, responsabilizar os governos por sua resposta à pandemia e fornecer fatos verificados sobre a emergência em tempos de desinformação. Este MOOC sobre vacinas contra COVID-19 não pode ser mais oportuno”, disse Stefan Liller, representante residente do PNUD no Uruguai.

O curso online aberto e massivo (MOOC) será ministrado pela jornalista de saúde e ciência Maryn McKenna, que também é pesquisadora sênior do Centro de Estudos de Saúde Humana da Emory University. Ela será acompanhada por instrutores assistentes específicos para cada idioma. André Biernath, jornalista de ciência da BBC Brasil, será o instrutor assistente em português; Federico Kukso, jornalista de ciência e autor argentino, será o instrutor assistente de espanhol; e Yves Sciama, jornalista de ciência da França e vice-presidente da Associação Francesa de Jornalistas Científicos, será o instrutor assistente de francês.

Illustration of a COVID moleculeO MOOC contará com aulas de vídeo com McKenna, complementadas por entrevistas em vídeo com palestrantes convidados, materiais de leitura, fóruns de discussão e testes. Os palestrantes convidados incluem a virologista especialista em coronavírus Angela Rasmussen; Kate O’Brien, da Organização Mundial da Saúde; e Deepak Kapur, presidente do Comitê Nacional Indiano PolioPlus do Rotary International.

Os quatro módulos semanais vão cobrir questões de vacinas de relevância global:

  1. O desenvolvimento e a tecnologia por trás das diferentes vacinas que foram lançadas e que estão sendo criadas.
  2. Aquisição e distribuição de vacinas em todo o mundo, incluindo “nacionalismo da vacina” e questões de equidade.
  3. Hesitação em relação a vacinas e ativismo antivacinação, bem como desinformação contra vacinas
  4. Imunidade da população, uso de máscaras pela comunidade e medidas de distanciamento social, bem como variantes emergentes

A cobertura da COVID-19 se tornou parte de todas as editorias nas redações e isso trouxe o seu próprio conjunto de desafios, especialmente para esses novos temas de saúde e ciência.

“Estamos oferecendo este curso justamente porque as vacinas contra COVID e as campanhas de vacinação são desafiadoras!”, disse McKenna. “Tem muitos aspectos que são novos, independentemente da sua experiência –por exemplo, sou uma jornalista de ciência, mas antes deste ano nunca tive que pensar profundamente sobre a logística das cadeias de abastecimento. Mas, no ano passado, jornalistas de todo o mundo se dedicaram a adquirir novos conhecimentos muito rapidamente para cobrir todos os aspectos da pandemia. No ano 2, enfrentamos um desafio semelhante com as vacinas. Mas, como os jornalistas realizaram essa tarefa no ano passado, estou confiante de que eles poderão fazê-lo novamente este ano – e estamos aqui para ajudar ”.

Para se manterem atualizados com a cobertura das vacinas COVID-19, que muda rapidamente, os alunos vão ter a vantagem dos fóruns de discussão para interagir com McKenna, instrutores assistentes e uns com os outros.

“Os fóruns não são apenas espaços sociais; também são lugares onde os jornalistas participantes podem compartilhar as últimas notícias de seus países e pedir conselhos de colegas sobre a melhor forma de abordar a cobertura”, disse McKenna.

Como todos os MOOCs do Knight Center, o curso é assíncrono, o que significa que os participantes podem fazer as aulas nos dias e horários que escolherem. No entanto, prazos semanais para completar as atividades são recomendados, para evitar que os alunos fiquem para trás.

Os alunos que concluírem com sucesso os requisitos do curso têm a opção de pagar uma taxa administrativa de US$ 30 para receber um certificado de conclusão em formato PDF. O Centro Knight avaliará os casos de alunos que precisarem de isenção dessa taxa. Nenhum crédito formal da faculdade está associado ao certificado.

MOOC Instructors

Course instructors CW from top L: Maryn McKenna, Yves Sciama, Andre Biernath and Federico Kukso

McKenna ministrará o curso com o apoio de cientistas e outros jornalistas como palestrantes convidados e instrutores assistentes que são falantes nativos de espanhol, português e francês.

McKenna é jornalista com foco em saúde pública, saúde global e política alimentar. Ela também é pesquisadora sênior do Centro para o Estudo da Saúde Humana na Emory University, onde ensina redação e narrativa sobre saúde e ciências. Ela é autora dos livros “Big Chicken: The Incredible Story of How Antibiotics Created Modern Agriculture and Changed the Way the World Eats [Galinha grande: A história incrível de como os antibióticos criaram a agricultura moderna e mudaram a forma como o mundo come]", “Superbug” e “Beating Back the Devil [Vencendo o diabo]”. Sua palestra no TED de 2015, "O que fazemos quando antibióticos não funcionam mais?", foi visto 1,8 milhão de vezes e traduzido para 34 idiomas.

Este é o segundo curso relacionado à pandemia que McKenna ministra para o Centro Knight. O primeiro, “Jornalismo na pandemia: Cobertura da COVID-19 agora e no futuro”, ocorreu entre 4 e 31 de maio de 2020 e atraiu cerca de 9.000 estudantes de 162 países. Este projeto foi possível graças ao apoio da Fundação Knight, UNESCO, PNUD e OMS. Versões autodirigidas do cursoestão disponíveis em árabe, inglês, francês, português, russo e espanhol.

Além disso, McKenna moderou um webinar multilíngue, “Cobertura da vacina COVID-19: O que os jornalistas precisam de saber”, em 29 de janeiro de 2021, realizado em colaboração com a UNESCO e a OMS, com financiamento da União Europeia. O evento apresentou as boas práticas para jornalistas que cobrem as vacinas, com foco na distribuição e na ciência por trás das vacinas. Os palestrantes incluíram jornalistas, especialistas em saúde e representantes de ONGs. As gravações do webinar estão disponíveis em árabe, chinês, inglês, francês, hindi, português, russo e espanhol.

Além disso, a UNESCO e a OMS ajudaram o Centro Knight a montar uma página robusta de recursos multilíngues para jornalistas que estão cobrindo as vacinas.

Saiba mais sobre o MOOC, “Cobertura da vacina para COVID-19: O que os jornalistas precisam de saber” aqui, incluindo como se registrar. Inscreva-se hoje para este curso grátis!